Castan diz que não está lesionado e revela quando volta a campo

Somos Vasco da Gama @somoscrvasco
Leandro Castan: ‘Não estou machucado. Semana que vem já estou treinando de novo. Eu já queria ter jogado, mas me seguraram’.

📷: Betinho Martins / Divulgação

Fonte: Twitter Somos Vasco da Gama

Castan estaria lesionado, segundo fontes

Leandro Castan foi ausência nos dois recentes jogos-treinos do Vasco por estar machucado. Com lesão na coxa direita, o zagueiro e capitão iniciou tratamento de olho na estreia do Campeonato Brasileiro em agosto.

Foi pouco antes do teste contra o Porto Velho-RO, na quarta-feira, que o defensor acusou as dores musculares. Por precaução, não foi a campo no 5 a 0 em São Januário. Neste sábado, em outro 5 a 0, agora contra o Macaé, mais uma vez não apareceu.

Castan atuou normalmente nos dois jogos do Carioca, entre o final de junho e o começo de julho. Estima-se que ele se recupere a tempo do confronto com o Palmeiras, que ocorrerá no final de semana dos dias 8 e 9 de agosto – a CBF ainda não marcou a data.

Além de Castan, Cano não participou da vitória deste sábado contra o Macaé. O centroavante, porém, foi poupado. Ele, inclusive, foi a campo fazer um trabalho físico

Vasco 5 x 0 Macaé

O Vasco venceu o jogo-treino contra o Macaé por 5 a 0. Na manhã deste sábado, em São Januário, Talles, Ribamar, Bruno César, Lucas Santos e Kaio Magno marcaram os gols a favor do time de Ramon Menezes.

Foi o segundo teste do Vasco em preparação ao Brasileirão, que iniciará em agosto. Na quarta, o Porto Velho-RO foi superado por 5 a 0. Os dois jogos-treino foram sem público, uma medida adotada por conta da pandemia do

Ramon manteve a base que utilizou nos dois jogos do Carioca e na partida do meio de semana. Castan continuou fora, poupado, assim como Cano. Ulisses e Ribamar, respectivamente, foram os substitutos. Além disso, Fellipe Bastos voltou a ser titular no lugar de Raul.

Talles marca no começo da partida

A escalação inicial, portanto, foi a seguinte: Fernando Miguel; Pikachu, Ulisses, Ricardo Graça e Henrique; Andrey, Fellipe Bastos e Benitez; Vinícius, Talles e Ribamar. Logo aos dois minutos, Talles balançou a rede. Ele recebeu lindo lançamento de Bastos, ganhou do goleiro e finalizou para abrir o placar.

O Macaé, adversário vencido no Estadual por 3 a 1, na estreia de Ramon, ofereceu mais dificuldades do que o Porto Velho-RO. Marcou melhor, deu menos espaços. Apesar do forte calor, o Vasco iniciou com intensa trocas de passes e tentando atacar em velocidade. Porém, concentrou os ataques pelo lado direito.

Em uma das poucas tentativas pela esquerda, Henrique apareceu livre na linha de fundo e cruzou para Bastos finalizar para fora. Vinicius também desperdiçou boa chance na primeira etapa.

Ribamar e Bruno César usam a cabeça

No intervalo, Ramon fez apenas uma substituição: Fernando Miguel deu lugar a Lucão. Pouco tempo depois, Pikachu saiu para entrada de Cayo Tenório. O lateral, aos 6 minutos, acertou lindo cruzamento para Ribamar marcar de cabeça. Foi o 2 a 0.

A escalação mudou de novo aos 15 minutos, quando Ramon fez muitas trocas. O time passou a ser: Lucão; Cayo Tenório, Werley, Ricardo Graça e Riquelme; Andrey, Marcos Junior e Bruno César; Gabriel Pec, Tiago Reis e Lucas Santos.

Mesmo com as trocas, o Vasco continuou dominando a partida. Manteve a marcação adiantada, sempre tentando roubar a bola no campo ofensivo. Em um lance assim, Pec foi esperto, pegou a bola e lançou Tiago Reis, que chutou para defesa do goleiro. No rebote, Bruno César cabeceou para fazer o 3 a 0.

O quarto gol fol de Lucas Santos, que acertou chute de fora da área. Antes do final da partida, Kaio Magno entrou na vaga de Andrey. Ainda deu tempo para Kaio Magno aproveitar outro rebote do goleiro Jonatan e fechar a conta em 5 a 0.

 

admin

COMENTAR