Vasco prioriza lateral-esquerdo e Santiago Arzamendia e Juan Sánchez Miño estão na mira

A contratação de um lateral-esquerdo é prioridade em São Januário. No início da semana, chegou à diretoria o nome do paraguaio Santiago Arzamendia, do Cerro Porteño. O comando do futebol, porém, considera a transação inviável financeiramente por ora. Com isso, avançaram em outro gringo: Juan Sánchez Miño, argentino do Independiente. O negócio, porém, também não é simples.

O interesse do Vasco no atleta foi noticiado pelo canal “De La Cuna Al Infierno”, dedicado exclusivamente ao Independiente, e confirmado pelo ge.

Zagueiro Lucas Alves está próximo de acertar com o Vasco, veja o vídeo

O diretor esportivo do Independiente, Jorge Damiani, afirmou ao ge que o atleta de 30 anos deseja sair. Destacou, porém, que o clube só aceita negociá-lo em caso de venda. Um empréstimo, operação que o Vasco prioriza, está descartado no momento.

– Ninguém (do Vasco) falou conosco. Ele quer sair, e o Independiente quer US$ 1,5 milhão (cerca de R$ 7,7 milhões) – afirmou Damiani.

Em contato com o perfil @detetivevasco, um dos empresários de Sánchez Miño, o ex-jogador Gastón Fernández, disse que o salário do atleta também não está dentro da realidade do Vasco

– Falei com Andre (Mazzuco), que me transmitiu o interesse, mas eles não têm dinheiro para as pretensões salariais que temos – disse Fernández ao “Detetives Vascaínos”.

Titular do Rojo, Sanchez Miño, de 30 anos, surgiu nas divisões de base do Boca Juniors e, após destacar-se, foi negociado com o Torino, da Itália. Ainda defendeu o Cruzeiro, no primeiro semestre de 2016, sem muito sucesso. Na mesma temporada chegou ao Independiente, clube que defende atualmente.

Além de fazer a lateral esquerda, Sanchez Miño também atua como meia e volante. Foi contratado pelo Cruzeiro, aliás, para fazer a armação, mas não se destacou. Foram seis meses, 18 jogos e um gol marcado. Segundo o site de estatísticas “O Gol”, Miño tem 29 jogos e um gol na atual temporada.

admin

COMENTAR