Castán revela que atletas ajudaram financeiramente o clube ‘pensamos daqui pra frente’

O zagueiro Leandro Castán afirmou que as contas do Vasco da Gama com os jogadores do clube agora estão em dia, depois de um acordo entre atletas e diretoria durante a pandemia de coronavírus.

“Nós parcelamos a dívida que o Vasco tinha com a gente, zeramos tudo e pensamos daqui pra frente”, disse ao programa “Bola da Vez”, que será exibido no dia 8 pela ESPN.

Castán ainda deixou sugerido que os atletas abriram mão de benefícios não pagos.

“É claro que todos queriam receber o que estavam devendo, mas a gente viu que esse era um modo de pôr um fim nisso e começar o Brasileiro tendo ‘tudo em dia’ para pensar nas coisas daqui em diante”, completou.

Em maio, alguns jogadores aceitaram não receber salários atrasados, como o goleiro Fernando Miguel, o zagueiro Breno e o volante Fellipe Bastos, além do próprio Castán, após conversa com a diretoria.

Os pagamentos estavam sendo quitados de acordo com a faixa de valores dos funcionários. Parte do elenco ainda não tinha recebido na temporada.

Segundo o jogador, o avanço em direção em um acordo aconteceu, principalmente, pela presença do vice-presidente José Luís.

“É um assunto delicado, muito difícil. Mas com a chegada do José Luiz e com os acordos que nós fizemos durante a pandemia, acredito que daqui pra frente as coisas podem melhorar”, afirmou.

O zagueiro se sente em um bom momento no clube que o recebeu em 2018, contando com um respaldo para jogar. “Todo mundo me conhece e tem essa confiança em mim, tanto dos atletas quanto da diretoria”.

admin

COMENTAR