Vasco pode dar cartada definitiva na compra de Martín Benítez e investidor pode ajudar

Após chegar em baixa do Independiente (ARG) em fevereiro, o meia Martín Benítez foi de aposta à peça fundamental no Vasco. Com assistências, passes precisos e muita disposição, o argentino conquistou a torcida e a diretoria, que já se convenceu de que terá que fazer um esforço grande para tentar mantê-lo em definitivo.

Aos 25 anos, o jogador está emprestado somente até dezembro, e o Independiente se mostra irredutível em ao menos prorrogar o contrato até fevereiro de 2021, quando terminará o Campeonato Brasileiro. O único negócio aceito pelo “Rojo” é a venda, com preço estipulado em US$ 4 milhões (cerca de R$ 21,8 milhões), algo bem acima da realidade cruz-maltina.

O clube de São Januário, porém, entende que uma possível compra será um investimento com possibilidade de retorno técnico e para os cofres. Os dirigentes, no entanto, ainda não receberam a sinalização de um investidor privado para tal e, até o momento, trabalham com a hipótese de recursos próprios, o que dificulta ainda mais a missão.

Premiações nas competições que disputa em 2020 (Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana), além de mecanismos de solidariedade, poderão ser utilizados nesta operação.

O UOL Esporte apurou que os argentinos aceitam reduzir um pouco a pedida para cerca de US$ 3 milhões (cerca de R$ 15,8 milhões), embora o Vasco não confirme essa informação. Todavia, mesmo com tais valores, a negociação seguirá sendo difícil.

A situação tem sido tocada pelo diretor-executivo de futebol, André Mazzuco, e o vice-presidente de futebol, José Luiz Moreira. A favor dos cruz-maltinos está a vontade de Benítez em continuar, já que diz ter reencontrado a alegria de jogar e está muito bem adaptado e satisfeito no Rio de Janeiro, onde mora com sua esposa e filha.

“Jogada política” favorável a Campello

Prestes a lançar oficialmente sua candidatura à reeleição, o presidente Alexandre Campello sabe que a compra de Martín Benítez poderá repercutir positivamente entre os torcedores às vésperas do pleito presidencial que acontecerá em 7 de novembro.

Nas redes sociais, é cada vez mais forte o pedido dos vascaínos para que se faça uma “vaquinha online” (crowdfunding) pela aquisição do meia, opção esta que tem surtido muito efeito entre eles em casos recentes, como o da construção do centro de treinamento em Jacarepaguá (zona oeste do Rio), que arrecadou mais de R$ 5,8 milhões. Por ora, no entanto, ainda não há nenhuma movimentação da diretoria neste sentido.

Alguns dirigentes entendem, por exemplo, que ainda há tempo de elaborar a melhor estratégia neste jogo de xadrez com o Independiente.

Cano: “Espero que fique muitos anos”

Melhor amigo de Martín Benítez no Vasco, Germán Cano está na torcida pela permanência do companheiro no clube. Além de fazerem uma grande dupla dentro de campo, costumam estar juntos nos momentos de lazer com esposas e filhos no Rio de Janeiro.

“O Benitez é uma peça muito importante para o Vasco. Ele tem capacidade de jogar em várias posições, na esquerda, na direita, por dentro. Ontem [domingo, contra o Botafogo], ele me achou entre os zagueiros. Ele sabe a minha forma de posicionar entre os zagueiros, na mesma linha. Estamos formando uma grande dupla, e espero que ele fique conosco por muitos anos”, disse Cano ao SporTV.

Whindersson pergunta quanto custa Benítez

Vascaíno declarado, o humorista Whindersson Nunes agitou as redes sociais após a vitória sobre o Botafogo por 3 a 2 ao questionar no Twitter quanto estava custando Martín Benítez.

A simples postagem fez com que muitos torcedores solicitassem a ajuda financeira do famoso e bem-sucedido youtuber ao clube.

Passes decisivos e grandes chances criadas

Segundo a ferramenta de estatísticas “Sofá Score”, site especializado em estatísticas, Martín Benítez é quem mais tem “grandes chances criadas por jogo” e mais “passes decisivos por jogo” na equipe do Vasco neste Campeonato Brasileiro. Além disso, o meia é o segundo em “assistências”, “desarmes por “jogo” e “dribles decisivos por jogo”.

“Ele [Benítez], Cano e Castán tiveram entendimento muito bom desde o começo do trabalho. O Benítez é muito inteligente, tem qualidade técnica impressionante. Sabe ler o jogo na parte ofensiva e na parte defensiva. Ele nos ajuda muito, como todos os atletas. No campeonato com jogos quarta e domingo, por vezes, não vamos ter todos os atletas. Não perdemos para o Atlético-GO pela ausência do Benítez. Perdemos por ele não estar e tantos outros jogadores”, destacou o técnico Ramon Menezes após a vitória sobre o Botafogo.

O argentino soma 13 jogos e um gol com a camisa cruz-maltina.

Fonte: UOL

admin

COMENTAR