Gols e Melhores momentos de Vasco 1 x 2 Corinthians, além de detalhes da coletiva de Ricardo Sá Pinto

Impossibilidade de escalar Benítez e Cano e suspensão de Castan

Hoje, perdemos o Cano. Já tínhamos perdido o Benítez. Vamos ter mais tempo pra trabalhar. Mas não é em uma semana que se consegue reverter. Sexta vai ser o sorteio da Sul-Americana. Vamos nos concentrar nesse jogo. Depois pensar no Goiás. Trabalhar bem essa semana e fazer os jogadores acreditarem no futuro. Quando há um processo e uma ideia de jogo e há repetição, os resultados vêm. O tempo vai nos ajudar e vai ser nosso amigo também para nos levar ao caminho das vitórias.

Infelizmente, contava com os dois. Preparamos bem o plano de jogo, sabíamos o que explorar, o que fazer. Estávamos preparados. Benítez sentiu e não conseguiu ir para o jogo. O Cano sentiu uma pequena dorzinha, esperamos que seja uma pequena contratura, um edema. Mas temos uma semana para trabalhar. Eles deram uma boa resposta. Senti isso na equipe. Melhoramos muitas coisa. Essa semana vai ser importante para isso. Perdemos agora o nosso capitão, mas os outros vão ter a oportunidade de mostrar a capacidade de estar nessa equipe e representar o Vasco.

Estreia de Léo Gil

O Léo é de outra escola de futebol. Quando temos a bola, é um jogador que encontra soluções, tem um lado emocional muito tranquilo. Acho que entrou muito bem no jogo. O Andrey também fez um bom jogo, mas estava no limite. Não estava conseguindo mais dar o que eu queria, dar velocidade. O Léo vai dar qualidade, essa dinâmica de jogo. Contamos muito com ele.

O Vasco está com azar?

Sorte infelizmente faz parte do jogo. Infelizmente, não tivemos ali. Não pode servir de desculpa para tudo. Mas isso é um jogo de futebol, é imprevisível. Vivemos isso semana a semana, temos essa paixão. Hoje, tivemos muita infelicidade, mas o adversário também teve seu valor. No meu ponto de vista, tem jogadores que desequilibram, rápidos. É uma boa equipe, não é um adversário qualquer. Tenho algum conhecimento, posso não ter o total, mas acho que esse é campeonato mais competitivo do mundo, e um detalhe faz a diferença.

Atuação de Ribamar

O Riba trabalhou os dois dias que estivemos no campo. Trabalhou o lado estratégico que montamos para o jogo. Cano não treinou nesse dia porque não estava 100%. Todos sabem o que vamos fazer e estão aptos para estar em campo. Ainda falta melhorarmos vários momentos de jogos, e eles entenderem todas as informações que eu preciso passar a eles. Isso é um processo gradativo, não podemos dar toda a informação de uma vez. O Riba precisa segurar mais a bola, alguns momentos de decisão, mas fez o gol dele, acreditou, foi um leão, deu o que tinha e não tinha. Hoje, a equipe jogou com muita alma, guerreira. É a imagem que queremos jogo após jogo. Temos que melhorar algumas situações defensivas e, ofensivamente também algumas decisões. Mas este é o caminho. Retiro desse jogo coisas positivas para o futuro, logicamente não o resultado, estamos muito tristes.

Fonte: ge

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 2 CORINTHIANS

Estádio: São Januário (RIO)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Cartões Amarelos: Leandro Castan (VAS), Éderson (COR), Ricardo Sá Pinto (VAS)
Cartões Vermelhos:

Gols: Gustavo Mantuan (COR), Ribamar (VAS), Everaldo (COR)

VASCO: Fernando Miguel, Cayo Tenório, Miranda, Leandro Castan e Henrique; Andrey (Léo Gil), Marcos Junior (Lucas Santos), Carlinhos e Vinícius (Bruno Gomes); Ribamar (Guilherme Parede) e Talles Magno. Técnico: Ricardo Sá Pinto.

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Marllon , Gil e Fábio Santos; Xavier; Ramiro (Camacho), Éderson (Gustavo Mosquito), Mateus Vital e Cazares (Luan); Gustavo Mantuan (Everaldo). Técnico: Wagner Mancini

VÍDEO

 

 

admin

COMENTAR