Eleições no Vasco: Salgado vence pleito, mas STJ confirma Leven Siano à presidência

Empresário do mercado financeiro, Jorge Salgado, de 73 anos, venceu Julio Brant na eleição on-line do Vasco realizada neste sábado. O pleito é mais um capítulo do tumultuado processo eleitoral do clube de São Januário. Apesar do resultado, a eleição vai seguir nos tribunais.

O total de votos foi: 3.054, distribuídos da seguinte maneira:

Jorge Salgado: 1682
Julio Brant: 1326
Branco: 11
Nulos: 35

Com briga entre presidentes de poderes e disputas judiciais desde antes da eleição, há dois resultados de votações sub judice. Salgado, vitorioso neste fim de semana, em votação on-line. E Luiz Roberto Leven Siano, o mais votado no pleito presencial do dia 7 de novembro.

Salgado comemorou a votação, mas disse que vai esperar os desdobramentos na Justiça:

– Vou entregar para a nossa área jurídica resolver. Desde o início sempre falei que a gente acata decisão judicial, atua dentro da conformidade e dentro da regra do jogo. Eu não vou me afastar desse princípio. Se alguma decisão houver, a gente vai discutir isso na esfera judicial.

Salgado comemora vitória no Vasco — Foto: Divulgação/Mais Vasco

Salgado comemora vitória no Vasco — Foto: Divulgação/Mais Vasco

Advogado de Leven: “Volta à situação de sábado passado”

No site do Superior Tribunal de Justiça (STJ), foi publicado às 22h10 deste sábado – momentos antes do resultado favorável a Salgado – que recurso do candidato Luiz Roberto Leven Siano foi “provido”, com juízo de “retratação”.

A partir daí, Leven Siano postou em suas redes sociais um grito de “Vasco”, e um de seus advogados, Wadih Damous, afirmou que tal decisão representa a validação dos resultados obtidos no último dia 7.

– Volta à situação de sábado passado (7 de novembro). Teve eleição, a decisão que garantiu a eleição de sábado foi efetivada. O STJ reestabeleceu o mandamento daquela decisão da Primeira Câmara Cível do Rio de Janeiro, e o presidente eleito do Club de Regatas Vasco da Gama chama-se Luiz Roberto Leven Siano – afirmou Wadih.

Leven Siano tem vitória no STJ

Candidato mais votado na eleição do Vasco do sábado passado (7/11), Luiz Roberto Leven Siano se pronunciou após movimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) na noite deste sábado. De acordo com o entendimento dele e de Wadih Damous, um dos advogados de defesa, pela certificação que devolve o caso para o Tribunal de Justiça (TJ-RJ), a suspensão do pleito do dia 7 foi ilegal, e o resultado daquela votação é que vale, com Leven novo presidente do clube.

Obrigado aos milhões de vascaínos que entenderam que dignidade e honra são valores inegociáveis. STJ retrata sua própria decisão e decisão do TJRJ por eleições dia 7/11 na forma do estatuto do clube voltam a valer na sua integridade. Deu Vasco. – escreveu Leven em sua conta pessoal no Twitter.

Na mesma linha, Wadih Damous, em contato com o LANCE!, analisa que o que ocorreu na sede do Calabouço (e online), neste sábado (14/11) não teve efeito. A movimentação no STJ se deu poucos minutos após o fim da votação, e está no site do órgão, mas nem a chapa de Leven, nem a de Jorge Salgado tiveram acesso.

Ele reestabeleceu o agravo regimental contra a decisão do plantão de sábado que mandou suspender aquela eleição. Então ele reestabeleceu a decisão do TJ-RJ, que mandou realizar as eleições. Neste sentido posso dizer que o presidente eleito do Vasco é Luiz Roberto Leven Siano – afirmou Wadih, ao L!. E emendou:

– Hoje não vale nada. Eu estou com pena do candidato que acha que é candidato. É o popular “água no chope” – avaliou.

Na noite da sexta-feira da semana passada, a liminar antes obtida pelo presidente da Assembleia Geral do Vasco, Faués Mussa, foi derrubada. Com o pedido de adiamento anulado, a eleição ocorreu no ultimo dia 7, em São Januário. Apesar da celebração de Leven e da defesa, nem eles, nem a chapa Mais Vasco têm acesso, ainda, à decisão.

Página do STJ
Página do STJ

Fonte: Lancenet

admin

COMENTAR