RICARDO SÁ PINTO TENTA BLINDAR ELENCO DAS CONFUSÕES NA ELEIÇÃO DO VASCO

Sá Pinto não trabalhou só dentro de campo para fazer o Vasco evoluir. Durante a semana, o treinador português procurou focar as atenções dos jogadores apenas no Campeonato Brasileiro. A ideia era tirar a pressão causada pela briga política envolvendo a eleição presidencial realizada no clube. O esforço deu certo e a equipe voltou a ganhar.

Os pleitos no Vasco ocorrem a cada três anos e sempre apresentam momentos de turbulência nos bastidores. O treinador estrangeiro, no entanto, caiu de paraquedas nessa celeuma. O português não sabia que a eleição ocorreria tão cedo. Tanto que ele chegou a reclamar de tamanha confusão e que tudo isso estaria atrapalhando seu trabalho no dia a dia.

“Tudo que perguntei, me foi explicado. Confesso que não sabia o timing das eleições. Pensei que seriam mais em janeiro, que não era tão cedo. Foi a única coisa que fiquei surpreendido quando cheguei. Nem mesmo meu agente e nem ninguém [sabiam], mas os dirigentes nunca mentiram. Tudo o que me disseram é verdade, portanto está tudo correto. Eu próprio pensei, subentendi que era mais tarde, por isso não perguntei. Não sabia que era para já. Enfim, não é um bom timing à esta altura ter eleição nem para o clube, nem para mim, nem para a equipe e nem para ninguém, mas é o que é, e temos que saber lidar com essa realidade”, disse Sá Pinto em participação no “Aqui com Benja”, do Fox Sports.

A preocupação ficou clara no jogo contra o Palmeiras. A partida foi no domingo passado, em São Januário, poucas horas depois do resultado oficial da eleição presencial que terminou com a vitória do candidato Leven Siano. O clima político ainda estava bem presente quando o time entrou em campo e foi derrotado pelos paulistas.

A confusão ampliou com mais uma decisão da Justiça, que convocou novas eleições para ontem. Um pleito híbrido com votação online e presencial – para quem não conseguisse realizar voto pela internet. Enquanto os sócios faziam sua escolha o Vasco mais uma vez entrava em campo. Dessa vez, no entanto, houve uma diferença.

O Vasco foi até Recife, onde encarou o Sport e, portanto, se viu longe de todo esse clima político. Foram alguns dias que os jogadores puderam ficar isolados de tudo e focar somente no futebol. Tudo isso parece ter dado resultado já que o time não teve trabalho para vencer por 2 a 0 e sair da zona de rebaixamento.

Após a vitória, Sá Pinto tratou de pensar adiante. Ele não comentou diretamente sobre as eleições dessa vez, mas deixou clara sua felicidade com a vitória conquistada fora de casa.

“Vitória de todos nós. Este Brasileirão é muito competitivo, todos jogos serão difíceis. Ganhamos bem hoje, mas o adversário tem valor e pode criar problemas. Não conseguimos ser perfeitos, mas conseguimos ser suficientemente bons para vencermos. Então muitos parabéns à equipe e aos jogadores que estiveram de fora”, afirmou o treinador do Vasco.

Com o triunfo, o Vasco chegou aos 22 pontos e pulou para a 15ª posição do Campeonato Brasileiro. Fora da zona de rebaixamento, o Cruzmaltino volta a campo na quinta-feira, quando receberá o Fortaleza, em São Januário.

Fonte: Uol

admin

COMENTAR