TORCIDA PERDE A PACIÊNCIA COM SÁ PINTO, CHAMA-O DE RETRANQUEIRO E PEDE NOVO TÉCNICO

A maioria dos torcedores perdeu a paciência e já elegeu os maiores vilões dos últimos resultados do Vasco. Sá Pinto é o maior desafeto da torcida, rendendo-lhe o apelido de ‘retranqueiro’ por conta dos 3 zagueiros e a falta de posse de bola. Em um jogo contra o fraco Defensa Y Justicia, o Vasco teve menor posse de bola, mesmo quando precisou fazer o gol.

Por outro lado, a quantidade de gols perdida por Ribamar, o tornou, também, outro vilão do jogo em São Januário. Riba foi responsável por desperdiçar 3 das quatro chances do VAsco de gol e, para piorar, ainda protagonizou um lance bizarro no final do jogo, uma furada de bola digna de ‘cacetadas do Faustão’.

As estatísticas do jogo não deixam dúvidas da falta de domínio do Vasco. Tirando talvez, Benítez e Leo Gil, que ainda mostram muita garra, o time todo do Vasco foi mal. REssalta-se também a falha bisonha de Lucão que falhou no gol do Defensa. O Vasco teve apenas 45% da posse de bola, enquanto o Defensa ficou com os 55% restantes.

FICHA TÉCNICA

VASCO-BRA 0 X 1 DEFENSA Y JUSTICIA-ARG

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 3 de dezembro de 2020, quinta-feira
Hora: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Andrés Cunha (URU)
Assistentes: Nicolas Taran (URU) e Martín Soppi (URU)
VAR: Daniel Fedorczuk (URU)

Cartões amarelos: Benítez, Gustavo Torres, Marcos Júnior e Ribamar (Vasco); Haachen, Merentiel e Paredes (Defensa Y Justicia)

GOL
DEFENSA Y JUSTICIA: Haachen, aos 11min do segundo tempo

VASCO: Lucão, Miranda, Leandro Castán e Marcelo Alves (Tiago Reis); Yaggo Pikachu, Marcos Júnior (Juninho), Léo Gil (Lucas Santos), Martín Benítez (Talles Magno) e Neto Borges; Gustavo Torres e Ribamar (Carlinhos)
Técnico: Ricardo Sá Pinto

DEFENSA Y JUSTICIA: Unsain, Frías, Héctor Martínez e Paredes (Ramírez); Breitenbruch (Isnaldo), Acevedo, Camacho (Haachen), Rius e Larralde (Escalante); Pizzini (Merentiel) e Braian Romero
Técnico: Hernán Crespo

Veja o gol:

 

admin

COMENTAR