Vasco disputa contratação de atacante do exterior com o Coritiba

Guilherme Parede

Coritiba e Vasco estão disputando o empréstimo do atacante Guilherme Parede, do Talleres, da Argentina, para a continuidade dessa temporada. Como o futebol argentino ainda não tem previsão de retorno, o Talleres está disposto a emprestar o jogador, e recebeu duas propostas nos últimos dias do Coxa e do Cruz-Maltino, o destino deve ser selado em breve.

Guilherme Parede foi negociado pelo Coritiba com ao Talleres em janeiro desse ano, por lá disputou 7 partidas e marcou 4 gols antes da paralisação do futebol na Argentina. Pesa a favor dos paranaenses o fato de ser o clube que revelou o centroavante, que aliás está atualmente treinando há três meses no CT do Coxa, e a esposa do jogador está grávida.

Mas o Vasco da Gama quer também Parede, e o diretor de futebol, André Mazzuco, tem demonstrado muito interesse em contratar o atacante de 24 anos. Recentemente o agente de Guilherme Parede confirmou a procura tanto do Cruz-Maltino como do Coritiba, e que uma definição deve sair nos próximos dias, e o Talleres deve aceitar o empréstimo.

A diretoria do Coritiba confirma publicamente o interesse no retorno de Guilherme Parede. E tem otimismo por ter a preferência do jogador, de olho na disputa do Brasileirão Serie A, dirigentes e comissão técnica do Coxa estão de olho em reforços pontuais, o objetivo de inicio na competição é não correr risco de rebaixamento, o técnico Eduardo Barroca passou a lista de posições que precisam de contratações imediatas.

A chegada de um atacante é uma das prioridades do Vasco

Já o Vasco busca reforçar o setor de ataque após a saída do atacante Marrony, negociado com o Atlético-MG. O Cruz-Maltino conta em seu elenco com Talles Magno, Vinícius, Lucas Santos, Martín Benítez e Gabriel Pec, que atuam pelas pontas, e Germán Cano, Tiago Reis e Ribamar que atuam na posição de centroavante, em tese Guilherme Parede é visto como um reforço que poderia atuar em várias posições no ataque, apesar de ser um camisa 9.

Vasco se aproxima de dois patrocinadores e traz diversão a torcedores por meio da Batalha de Gigantes

Batalha de Gigantes

Arrecadação de dinheiro em tempos de pandemia, não é algo fácil, mas o Vasco da Gama está buscando alternativas. Programa de Sócio-Torcedor é algo que deve trazer uma das maiores fontes de renda ao clube e deve trazer alívio financeiro para os próximos meses. Por outro lado, a Batalha de Gigantes é outra fonte importante de possível renda.

A ideia é trazer diversão ao torcedor e trazer dinheiro para ajudar a pagar o salário de funcionários e expor marcas em um período sem jogos. Trata-se da Batalha de Gigantes, uma iniciativa que traz ídolos do clube em uma batalha virtual. A ideia é que os ídolos se enfrentem em uma batalha divertida, pelo canal oficial do Vasco da Gama no Youtube e na página oficial do clube e, por outro lado, renda recursos. Por conta disto, o clube busca patrocinadores para alavancar o projeto.

Batalha de Gigantes pode ser fonte de renda

 A ideia  é promover uma competição entre duas equipes comandadas pelos ex-jogadores Donizete e Ricardo Rocha, com transmissão pela VascoTV, a partir das 20h, tentará ocupar parte do vazio deixado pela suspensão dos jogos. Com apresentação da jornalista Vanessa Riche direto de São Januário, a disputa reúne ainda as ex-nadadoras gêmeas Bia e Branca Feres e os artistas Juninho (Imaginasamba) e Andrezinho (Molejo). Estes últimos todos vascaínos, todos direto das suas casas.

Batalha de Gigantes terá transmissão pela Vasco TV — Foto: Divulgação

Batalha de Gigantes terá transmissão pela Vasco TV — Foto: Divulgação

Não haverá pagamento de cachê aos participantes e a busca de patrocínios, pode render cotas que ajudariam no pagamento de salários. É como acontece com as lives de artistas, que têm vários patrocinadores que se alternam na tela do usuário de acordo com o tempo de exposição contratada.  O custo da transmissão, que será de cerca de R$ 60 mil, será todo bancado pelo parceiro do clube, a empresa de cervejas Brahma.

Batalha de Gigantes

Vasco retoma as atividades e informa que 16 atletas contraíram a Covid-19, três estão recuperados

Tales-magno-realiza-exame-de-covid-19-no-vasco

Por MRNEWS: Em um vídeo, que está disponível no canal oficial do Vasco da Gama, o clube de São Januário trouxe uma notícia inquietante aos torcedores. O clube que esteve representado recentemente me Brasília por meio de seu dirigente mor, Alexandre Campello, queria a volta aos treinos o quanto antes.

Entretanto, a notícia que dentre os 250 testes realizados, alguns testaram positivo para a COVID-19, dentre eles, 16 jogadores. Também foi divulgada a informação que dentre o elenco, 3 jogadores já estão curados da nova doença.

Vaso revela que 16 jogadores estão com a Covid-19 e três foram curados

O Chefe do departamento médico do Vasco, Marcos Teixeira fez o anúncio no vídeo e revelou, em suas palavras:
“Três atletas tiveram contato com o vírus e estão curados. Observamos 16 atletas que vieram com exames positivos. Eles são isolados do grupo, vão continuar com contato médico e exames seriados até que tenhamos certeza que eles não poderão mais transmitir esse vírus para o restante do elenco. Isso só comprova que estamos fazendo uma grande ação de saúde, identificado o mais rapidamente possível essa infecção nos atletas porque a gente sabe que 95% do nosso grupo são assintomáticas, essas que tiveram contato com o vírus. Isso faz com que a gente impeça que o vírus seja disseminado até mesmo dentro do ambiente familiar do atleta”.

“Depois de toda a bateria de exames seriados que fizemos em todos o grupo, jogadores, comissão, staff e contactantes domiciliares, pudemos perceber que aproximadamente 30% de todas essas pessoas já entrou em contato com o novo coronavírus. Mesmo com o distanciamento social, 30% entrou em contato”.

Vasco retoma as atividades

Cabe lembrar também que, por conta da crise financeira, o Vasco realizou uma permuta para fazer os 250 testes no elenco. Nesta segunda-feira também, o Vaco retorna aos trabalhos de fisioterapia e toda a questão de condicionamento físico que é permitido pelas autoridades políticas e seguindo um código de conduta definido pelas autoridades médicas.

Coordenador científico do Vasco, Marcos Cezar enumerou as avaliações às quais serão submetidos os atletas vascaínos:

– A partir de amanhã iremos iniciar bateria de avaliação nos nossos atletas com o objetivo de identificar os níveis de condição física em que se encontram após o período de mais de 70 dias de inatividade por conta do isolamento social. Serão avaliações da composição corporal, dos níveis de força e também funcionais. Identificar como estão os padrões de movimentos dos atletas, pensando que nesse período de recesso pode ter acontecido algumas perdas significativas e também na capacidade aeróbia para que possamos traçar um protocolo de reabilitação.

 

Notícias do Vasco: clube pede volta imediata aos treinos e tem apoio de Fla; Flu e Botafogo se recusam

Alexandre CAmpello

O Vasco da Gama está apoiando a decisão da FERJ, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro que divulgou nesta sexta-feira um nota de esclarecimento com times da primeira e segunda divisão pedindo o retorno das atividades em meio à pandemia do coronavírus.

Os presidentes de Vasco, Alexandre CAmpello, e Flamengo foram os dois únicos presidentes de clubes grandes do RJ que assinaram. Fluminense e Botafogo não assinaram o documento. Cabe lembrar que o Botafogo já está de volta aos treinos virtuais, no estilo ‘LIVES’.

Proposta de volta de forma responsável

A proposta fala em retomar os treinamentos nos gramados “de forma responsável, restrita, reduzida, sob vigilância, sem aglomerações ou presença de público e em obediência a um rigoroso protocolo médico”. Claro, mesmo que o Campeonato Carioca volte agora, não haverá a possibilidade de jogos com torcida. Assim acontecerá, por exemplo, com a Bundesliga, o campeonato Alemão, que voltará no dia 16.

A nota ressalta o desejo de retonarem o mais breve possível, e que os clubes estão “preparados para reiniciar suas atividades em poucos dias”. Portuguesa, Cabofriense, Bangú, Boavista, Friburguense, Macaé, Madureira, Nova Iguaçu, Resende e Volta Redonda também assinaram a nota submetida aos governantes.

Fonte: O Globo Online

FERJ @FFERJ
NOTA DE ESCLARECIMENTO DO FUTEBOL DO RIO.