LISCA PEDIU 4 REFORÇOS, MAS NÃO ‘ESQUECEU’ UMA POSIÇÃO CARENTE

Os maus resultados em campo não diminuíram a moral do Lisca dentro do Vasco. A diretoria mantém a confiança no trabalho do treinador e tem a convicção de que o profissional vai conseguir fazer o time reagir na Série B. Para isso, está disposta a fazer contratações pontuais, tendo em vista que a comissão técnica já detectou as carências do elenco.

O Esporte News Mundo apurou que Lisca pediu quatro reforços, todos para o setor defensivo. O entendimento da comissão técnica é de que o ataque vai garantir os resultados positivos, desde que o time pare de sofrer muitos gols.

A diretoria vai bancar essas contratações e está disposta a trazer jogadores de nível superior aos que estão atualmente no elenco. Por isso, a tendência é de que se abra espaço na folha salarial com a saída de alguns atletas, como Michel, que não joga desde o início de julho e possui futuro incerto no clube.

O Vasco quer a contratação do zagueiro Walber, do Cuiabá, como informou primeiro o ENM. O técnico Lisca gosta do futebol do jogador e tentou a sua contratação no início da temporada, quando ainda comandava o América-MG e Walber atuava no Guarani. A negociação está bem encaminhada e as partes enxergam um desfecho positivo com muito otimismo, como informou o repórter Lucas Rossafa, em live realizada na última segunda-feira no canal do Esporte News Mundo, no YouTube.

FECHADO COM LISCA

O respaldo sobre o trabalho do técnico Lisca vai além da diretoria. A Associação das Torcidas Organizadas do Vasco (ASTOVAS) emitiu uma nota na última segunda-feira afirmando apoio incondicional ao treinador, exigindo que a comissão técnica tenha total autonomia para se trabalhar.

“A partir da data de hoje declaramos publicamente nosso apoio incondicional ao nosso treinador Lisca. Exigimos na condição de bem maior do Club de Regatas Vasco da Gama, que o mesmo tenha todas as suas solicitações atendidas e autonomia total para a montagem do elenco de modo a alcançarmos nosso objetivo principal que é o acesso à divisão que jamais deveríamos ter saído. Acordem do sono da indolência ou viverão o seu pior pesadelo”.

admin

COMENTAR